quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Insônia.

Dentro de quatro paredes só Deus e eu na madrugada, “fria madrugada”, começo a refletir aleatoriamente.
Ao contrário do que dizem sobre gatos, Deus me deu uma única vida. Portanto, essa única vida deve ser vivida intensamente e exlusivamente por mim. Até aí tudo bem, consigo viver loucamente na medida do possível o meu presente, levando em conta o meu passado!
Mas quando paro e penso no passado? O que eu seria sem ele? Talvez hoje eu seja o que sou graças ao passado! E nem falo isso com demasiada alegria ou tristeza, apenas penso (logo existo rsrs) no que poderia ter sido diferente.  Todo mundo já pensou assim alguma vez na vida, eu creio.
Bem, a vida é como uma estação com o vagão de trêm, pois pessoas entram e saem da minha vida, até mesmo sem permissão, algumas desembarcam num piscar de olhos, outras ficam por algumas poucas estações, e existem aquelas que permanecem pela eternidade.
Mas nem sempre esse permanecer é físico lado a lado da minha pessoa e sim, encravado no meu coração.
Aqueles que eu amo, eu quero perto de mim sempre. Mesmo não podendo estar sempre acompanhada dessas pessoas queridas, eu dou um jeito de encontrar uma alternativa para sentir-me mais próximas delas, já que todas cabem e estão no meu coração.
Coração...Bem, coração é um órgão sangrento nada sexy e não aquela coisinha linda de S2 apreciada por apaixonados. Mas eu, ainda prefiro o coração do tipo S2!
No meu coração do tipo S2, tem lugar VIP só pra uma pessoa, tal pessoa que o faz bater feito uma escola de samba!!!
Essa sensação repleta de sentimentos todos são por ele e pra ele, assim como esse Blog surgiu no passado não muito distante, exlusivamente pra ele. Parece que nem faz mais nenhum sentido eu deixar às claras todas essas palavras, sei que não faz. Mas prefiro deixar.
Pra quem eu criei esse Blog, sabe que foi por ele. Hoje é bobeira e insignificante, mas ele fez parte do meu passado e eu ainda o mantenho vivo no meu presente, e o agradeço  por que não tem como substituir ou vender isso, não tem como mesmo,  é unico e vou guardar muito bem guardado na minha mente”.
Se o terei comigo no futuro, só Deus sabe. No fim, não sabemos de mais nada, se algo está realmente vivo ou morrendo aos poucos. Contudo, “mais importante que a lamentação e a tristeza de ter chegado ao fim, é a alegria e a contentação de que teve um início e um meio, onde por vezes nós sorrimos com felicidade” , continuando essa mesma frase entre aspas ele me disse mais: “nunca vou esquecer de quando te pedi em namoro e passamos da estação”. # Olha, agora que saquei que comecei falando de estação de trêm!!! Coisa linda! uashuashuahs
Bem, palavras sábias do menino roxo “...tudo que morre ainda vive na lembrança. Mesmo que você  tente não lembrar, é impossível”.
É isso aí, não dá para não lembrar. Afinal, é isso que estou fazendo agora em plena 03:00 am, a hora em que o bixo pega!!!

Meu plano era ficar com você pra sempre.

Hoje eu mais do que nunca,  sei que não posso simplesmente tirar o valor da melhor coisa que já invadiu o meu coração na minha vida, por mais que eu não o tenha.
E isso é tudo por hoje.

Um comentário:

  1. Eu não sou nada poética, não levo jeito pra isso.
    Simplesmente me expresso!!!

    ResponderExcluir